Instituto Brasileiro de Museus

Museus Ibram Goiás

Museu Casa da Princesa

O Museu Casa da Princesa é uma instituição vinculada à unidade museológica-sede do Museu das Bandeiras. A instituição está localizada na cidade de Pilar de Goiás a 236km de Goiânia, 220km de Brasília e 260km da Cidade de Goiás, onde está localizado os outros dois museus desta unidade.

O edifício foi tombado em 1954 devido a sua referência e importância arquitetônica do século XVIII, considerada uma das últimas casas setecentista. O imóvel passou por diversas transformações e foi “devolvido à sociedade pilarense em 28 de junho de 1981, já com o novo uso e sob o nome de Museu Casa Setecentista”(WHICHERS; LUSSIM; DIONÍZIO, 2015, p.120) ou ainda Museu Casa das Rótulas. Posteriormente, o Museu foi rebatizado de “Casa da Princesa”, que segundo indicadores, apontam ora o pouso da Princesa Isabel, ora uma “versão goiana de Chica da Silva”(MCP, 2009,p. 9). Assim como os mistérios da fundação da cidade, o Museu também tem seus segredos guardados.


A formação do acervo do Museu se dá a partir da coleta de Antônio Gomes Tição. Seu Tição foi “o grande responsável de fato pela formação deste museu, que mesmo antes da sua criação oficial já arrecadava peças para sua formação” (WICHERS; LUSSIM; DIONÍZIO,2015, p.120).

Em seu acervo é possível encontrar objetos arqueológicos, “documentos históricos, fotografias e objetos que mostram formas do viver goiano dos séculos XVIII ao XX” (MCP, 2009, p.10). Ali também se encontram “instrumentos de tortura do período colonial, palmatórias, carretilha de forca, tear, carros-de-boi, peças de monjolo, um conjunto completo de engenho, utensílios de mineração e objetos sacros, a exemplo de forma para fazer hóstias, oratórios, cruzes e crucifixos”(IBRAM, 2018).