Instituto Brasileiro de Museus

Museus Ibram Goiás

Museus Ibram em Goiás tiveram novo recorde de público em 2019

O Museu das Bandeiras (MUBAN), Museu de Arte Sacra da Boa Morte (MASBM) e o Museu Casa da Princesa,tiveram recorde de público pelo segundo ano seguido. Em conjuntos, no ano de 2019 visitaram os museus, 47.468 pessoas – um aumento de 26,98% em relação a 2018, quando recebeu 37.930.

publicado: 31/01/2020 13h17, última modificação: 31/01/2020 13h20

O Museu das Bandeiras (MUBAN), Museu de Arte Sacra da Boa Morte (MASBM) e o Museu Casa da Princesa, que integram a rede Ibram em Goiás, tiveram recorde de público pelo segundo ano seguido. Em conjunto, os três museus localizados nas cidades históricas de Goiás e Pilar de Goiás foram visitados por 47.468 pessoas – um aumento de 26,98% em relação a 2018, quando recebeu 37.930.

Em 2019, o Museu das Bandeiras comemorou seus 70 anos de criação. Ao longo do ano, realizou os dez módulos do Programa de Formação do MUBAN, capacitando cerca de 200 pessoas. Foram também realizados e apoiados eventos, como o seminário Saberes das Mãos, Letras e Ofícios em comemoração aos 130 anos de Leodegária de Jesus e Cora Coralina. Além disso, o Muban promoveu cursos, estimulou pesquisas e realizou ações culturais e educativas com as escolas, o que totalizou 46,94% do público.  Como resposta, o público do MUBAN em 2019 cresceu 7,51%, incluindo 85 pesquisadores.

Créditos: Museu das Bandeiras

O Museu de Arte Sacra da Boa Morte, em 2019, foi o que mais cresceu comparado ao ano anterior, um total de 37,31%. Este foi o maio público do MASBM desde a criação do Ibram. O sucesso de visitação se dá devido ao intenso trabalho da equipe técnica em popularizar o MASBM. Como estratégias foram realizadas ações educativas com escolas, moradores da Cidade de Goiás, bem como, abertura regular da porta frontal, além de, participação nas atividades festivas da cidade, como a Semana Santa e o Natal, onde o museu sediou e abriu as comemorações natalinas da cidade.

Créditos: Prefeitura de Goiás

O Museu Casa da Princesa, localizado na Cidade de Pilar de Goiás, comemorou um ano de reabertura com um crescimento de 12,74%. Este museu possui uma característica diferente das demais instituições museais, 15,44% do seu público é composto por moradores da cidade. Entre as atividades que ajudaram a aquecer a visitação ao museu estiveram a Semana Nacional de Museus, a Primavera dos Museus e as ações educativas realizadas com as escolas da região com o apoio da Prefeitura de Pilar de Goiás, através da secretaria municipal de educação.

Créditos: Museu Casa da Princesa

Em conjunto os três museus vêm desenvolvendo ações estratégicas para sua democratização. Para a direção dos museus, o aumento é o resultado do trabalho de uma equipe atenta, uma recepção calorosa, além de ações contínuas, diversas e o diálogo com a comunidade local, que auxilia e fortalece as atividades.

Em 2020 novidades serão desenvolvidas. Inicialmente com a capacitação da equipe, através do Seminário Interno dos Museus, que fortalecerá a segurança, o atendimento e o diálogo com o público. Além disso, os MASBM e MUBAN terão seus horários de visitação aumentados duas horas, visando atender os fluxos sazonais, bem como as demandas dos trabalhadores, estudantes e moradores da Cidade de Goiás. O Museu Casa da Princesa não terá alterações.

O Museu das Bandeiras abrirá nos meses fevereiro, março, abril, maio, agosto, setembro, outubro, novembro de terça a sábado das 9:00 às 19:00 e de janeiro, dezembro, junho e julho de quarta a domingo das 9:00 às 13:00.

Já o Museu de Arte Sacra da Boa Morte funcionará normalmente nos meses fevereiro, março, abril, maio, agosto, setembro, outubro, novembro de terça a sábado das 8:00 às 18:00 e no período de férias, janeiro, dezembro, junho e julho de quarta a domingo funcionará das 8:00 às 12:00.